Entrada seta Notícias
Notícias / Actividades
Orçamento da Misericórdia prevê saldo positivo no próximo ano Imprimir e-mail
29-Nov-2021


O Plano de Atividades e Orçamento para 2022 da Santa Casa da Misericórdia de Lamego, aprovado por unanimidade pelos irmãos presentes na última Assembleia Geral, prevê a continuação da recuperação financeira desta instituição e a sua sustentabilidade. Está previsto que o resultado final positivo seja superior a 110 mil euros, tendo em conta o orçamento das receitas e das despesas correntes e de capital. “É um Orçamento exequível, cauteloso e rigoroso que traduz um enorme esforço de um conjunto de pessoas, em particular dos órgãos de gestão e dos colaboradores. Não deixaremos de procurar novas formas de autofinanciamento e de obtenção de receitas que sejam capazes de cobrir as despesas, de modo a cumprir o princípio de equilíbrio orçamental”, defende o Provedor António Pinto Carreira.
A elaboração do Plano de Atividades e Orçamento teve como princípio orientador o compromisso assumido pela Mesa Administrativa de prosseguir a retoma da situação económico-financeira da instituição.
Assim, durante o próximo ano, está prevista a obtenção de receitas, num montante superior a 470 mil euros, provenientes de duas candidaturas apresentadas à Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM DOURO) e ao Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES). Com este valor, poderão ser concluídas as obras de remodelação do Lar de Arneirós e no edifício-sede da Misericórdia, bem como a aquisição de equipamentos de conforto para o Lar e para outras valências. “Não existe empolamento de receitas, nem sobrevalorização de despesas. A nossa atuação continuará a servir os interesses da Santa Casa e esta missão, apesar das dificuldades que temos vivido, continuará para além de nós”, sublinha.

"Ano melhor do que estávamos à espera”
Durante a apresentação das linhas gerais de atuação na Assembleia realizada a 26 de novembro, António Carreira também anunciou que a instituição poderá apresentar no final deste ano um défice inferior ao previsto. “Este ano será certamente melhor do que estávamos à espera”, destaca.
Numa altura em que os efeitos da pandemia voltam a agravar-se e a introduzir um maior grau de incerteza no país, o Provedor da Misericórdia de Lamego sublinha o difícil contexto social e económico no qual operam as instituições de solidariedade social. A juntar a isto, o valor das despesas com pessoal será agravado, devido a um novo aumento do salário mínimo nacional.
A encerrar a intervenção que dirigiu aos Irmãos, António Carreira manifestou ainda o desejo de que as instalações do antigo Hospital de Lamego, propriedade desta Santa Casa, que se encontram devolutas, “possam ser aproveitadas no futuro, mediante o estabelecimento de parcerias com o Município de Lamego que permitam o aproveitamento do espaço para fins ligados à saúde”.
O Plano de Atividades e Orçamento para 2022 mereceu o parecer positivo do Conselho Fiscal.
Os Irmãos aprovaram ainda, por unanimidade, um voto de pesar pelo falecimento de José da Silva, digníssimo Irmão e antigo Mesário, que “ofereceu muito do seu tempo e disponibilizou muitas vezes os seus bens pessoais para proporcionar às diversas valências que constituem esta instituição as melhores condições para a prossecução da sua atividade diária”.

 
Misericórdia reúne sexta-feira em Assembleia Geral Imprimir e-mail
23-Nov-2021


A análise, discussão e votação do Plano de Atividades e Orçamento de Exploração Previsional e Investimentos para 2022, bem como o respetivo parecer do Conselho Fiscal, constitui o principal ponto da ordem de trabalhos da convocatória para a realização da próxima Assembleia Geral Ordinária da Santa Casa da Misericórdia de Lamego. A reunião decorre no edifício-sede da instituição, esta sexta-feira, dia 26, pelas 20h30.
Se, àquela hora, a Assembleia Geral não puder realizar-se por falta de maioria legal, nos termos do nº1 do artº24 do Compromisso, terá lugar a mesma reunião, meia hora depois, com qualquer número de Irmãos presentes.

Plano de Atividades e Orçamento 2022
 
Programa cultural celebra fundação do Mosteiro das Chagas Imprimir e-mail
21-Nov-2021



A Santa Casa da Misericórdia de Lamego vai comemorar o 433º aniversário da fundação do Mosteiro das Chagas, do qual resta atualmente apenas a Igreja com o mesmo nome, com a realização de uma grande celebração no próximo dia 27 de novembro.
O programa do evento prevê a realização, à noite, do concerto "Avé Senhora do Advento" em evocação de Nossa Senhora das Graças, pelo Coro da Misericórdia e pelo Coro de Santo Agostinho, da cidade de Coimbra. Ao final da tarde, às 18 horas, também é celebrada na Igreja das Chagas uma missa, presidida por D. António Couto, Bispo da Diocese de Lamego.
Ao longo do dia, esta instituição de solidariedade social também vai promover um Curso de Formação de Canto Coral de aprendizagem teórico-prática, motivando os cantores a procurar a formação necessária para o competente desempenho do seu ministério. A formação aos coralistas desta Santa Casa será ministrada por Alberto Seiça, doutorado em Ciências Musicais pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com uma larga experiência no domínio coral tendo dirigido diversos coros.
Cuidar do aspeto vocal e da técnica de canto e recordar os princípios doutrinais para o canto na liturgia são os principais temas a abordar na formação que decorre no edifício-sede da Misericórdia.
Fundado por ordem de D. António Teles de Menezes, Bispo de Lamego, no antigo Campo do Tablado, o Mosteiro das Chagas iniciou-se com um grupo de sete clarissas, provenientes do Convento de Monchique da cidade do Porto, todas irmãs do Bispo. Mais tarde, muitas das capelas instituídas no Mosteiro ao longo dos séculos XVII e XVIII, bem como os respetivos recheios de escultura, foram doadas para o acervo do Museu de Lamego.
Resta agora a Igreja das Chagas, uma das mais belas joias do património arquitetónico existente na região do Douro, propriedade da Misericórdia de Lamego, depois de em 1911 um incêndio ter destruído o antigo templo desta irmandade.
 
Crianças aprendem a proteger o Meio Ambiente a brincar Imprimir e-mail
16-Nov-2021



A atividade era apenas a fingir, mas as crianças da sala “Corujinhas” do jardim de infância da Misericórdia de Lamego levaram o desafio muito a sério. Inspirado num ambiente de mercado, os meninos recriaram uma ida às compras para aprenderem, a brincar, as melhores práticas que podem reduzir ou eliminar o impacto no meio ambiente. Ficaram a saber, por exemplo, que apenas devem comprar aquilo que é essencial e que a utilização de sacos de papel ou de pano é mais indicada do que o recurso a plásticos.
O jardim de infância da Misericórdia de Lamego tem a missão de proporcionar as condições adequadas para os mais pequenos abordarem, com sucesso, a escolaridade obrigatória. “Tantas mãosum  Planeta…” é a temática geral do projeto desenvolvido durante este ano letivo, com a missão de sensibilizar para a urgência de corrigir atitudes e comportamentos face ao Ambiente. Muitas vezes os pais também auxiliam na execução das tarefas pedagógicas, conforme ocorreu neste caso em que um pai construiu a bancada de madeira que deu corpo ao “Mercadinho das Corujinhas”.
As inscrições para a creche e para o pré-escolar desta Santa Casa devem ser formalizadas nos seus Serviços Administrativos, situados no Largo Dr. João de Almeida, ou através dos contactos 963 608 258/ 254 656 850 e do email  Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail . 

Estas valências têm em vigor acordos de cooperação com a Segurança Social que reduzem o valor das mensalidades.

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 1 - 7 de 553

Como Contactar-nos

Santa Casa da Misericórdia de Lamego
Largo Dr. João de Almeida
5100-095 Lamego
Telefone: (+351) 254 612 057
Fax: (+351) 254 614 538
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail