Entrada seta Notícias
Notícias / Actividades
Pinto da Costa orador em tertúlia sobre eutanásia na Misericórdia de Lamego Imprimir e-mail
03-Out-2019

A convite da Santa Casa da Misericórdia de Lamego, o médico legista de maior reconhecimento no país, José Pinto da Costa, de 85 anos, vai participar na tertúlia “Projetos de Fim de Vida”, durante a qual abordará as temáticas da eutanásia, do doente terminal, do testamento vitae e do suicídio assistido. Esta iniciativa integra o programa de comemorações do 500º aniversário desta importante instituição de solidariedade social e enquadra-se no Plano de Ação do Conselho Local de Ação Social (CLAS) de Lamego.
Antigo diretor do Instituto de Medicina Legal do Porto, professor catedrático de diversas universidades e atual diretor científico do Instituto CRIAP, José Pinto da Costa fará a sua intervenção no dia 18 de outubro, pelas 14h30, no Salão Nobre da Misericórdia de Lamego.

Os interessados em participar na tertúlia “Projetos de Fim de Vida” devem inscrever-se através da hiperligação https://forms.gle/RNcqdeSGQUw7PyVy9, até ao próximo dia 11. A inscrição é gratuita e obrigatória.

 
Rede Local de Intervenção Social apoiou mais de 1800 pessoas Imprimir e-mail
30-Set-2019



A Rede Local de Intervenção Social (RLIS) de Lamego garantiu o atendimento e o acompanhamento social a mais de 1800 pessoas em situação de vulnerabilidade e exclusão social, desde junho de 2016, data de início de funcionamento. De portas abertas na Rua do Teatro, foram feitos, ao longo deste período, 2540 atendimentos, sobretudo a idosos, desempregados e pessoas com insuficiência de rendimentos e em situação de carência económica.
A Misericórdia de Lamego, entidade coordenadora do projeto, faz um balanço muito positivo do serviço criado para melhorar o atendimento e o acompanhamento social no concelho, assumindo competências anteriormente desempenhadas pelos serviços da Segurança Social. “Desenvolvemos um trabalho muito meritório junto dos utentes que procuraram auxílio na resolução dos seus problemas. Ao atuarmos mais próximo da comunidade, conseguimos combater mais eficazmente a pobreza e a exclusão social, melhorando as condições de vida das famílias”, conclui o Provedor António Marques Luís.
Com vista a alcançar a maior eficácia possível, a RLIS de Lamego trabalhou diariamente em rede, “através da concertação da atuação de vários organismos e entidades e de uma coordenação eficiente de todos os agentes, meios e recursos, em colaboração permanente com o Centro Distrital de Segurança Social de Viseu, no domínio das responsabilidades de organização e monitorização”, explica Sandra Sousa, coordenadora do projeto.
Na área da ação social, a RLIS promoveu uma intervenção de primeira linha e a resolução de problemas sociais em situações de crise ou de emergência social. Dirigida, por exemplo, a desempregados que apresentaram comprovada carência económica e todo um conjunto de problemas associados a esta situação, ao nível de alimentação e da medicação. Nos últimos três anos, recebeu ainda um leque muito variado de pedidos de apoio, nomeadamente equipamentos, acesso a cuidados de saúde adequados, alimentação, habitação digna, informação sobre benefícios e respostas sociais dirigidas a idosos. Também foram solicitados auxílios económicos para fazer face a despesas urgentes com saúde, sobre-endividamento e a melhor forma de garantir a reintegração profissional e social. 
 
Sessão de encerramento da exposição "Misericórdia de Lamego. 1519-2019" Imprimir e-mail
25-Set-2019


No próximo dia 29 de setembro, o Museu de Lamego assinala as Jornadas Europeias do Património, num ambiente que se pretende que seja de festa e para a qual todos são convidados.
Quando forem 15h30, terá lugar uma sessão de encerramento da exposição «Misericórdia de Lamego. 1519-2019», que conta com a presença do artista plástico, natural de Lamego, Francisco Laranjo para uma visita dialogada de partilha conhecimentos e experiências passadas e presentes, sobre uma das mais antigas e prestigiadas instituições de Lamego, que este ano comemora os 500 anos. 
Natural de Lamego, mas a residir no Porto há várias décadas, Francisco Laranjo mantém uma profunda ligação, por via paterna, ao património cultural e artístico da cidade, e por conseguinte ao Museu de Lamego e a instituições que, como a Santa Casa de Misericórdia, possuem um passado que, em várias épocas e a diferentes níveis, se entrecruza com a história do museu, tema para a conversa.
Após a visita, os 500 anos do início da viagem de circum-navegação, por Fernão Magalhães, ponto de partida de vários projetos desenvolvidos pelo Museu de Lamego ao longo de todo o ano, serão evocados através do concerto music & travel stories, do guitarrista Reinis Jaunais. Natural de Riga, na Letónia, é um jovem músico itinerante, com cinco álbuns de originais, que tem viajado por todo o mundo para partilhar a sua música com todos e em todos os lugares.
 
Presidente da República elogia ação social da Misericórdia de Lamego Imprimir e-mail
23-Set-2019



O Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa visitou a Santa Casa da Misericórdia de Lamego, no ano em que a instituição celebra o seu 500º aniversário. Após ter sido recebido pelo Provedor António Marques Luís, pelos corpos sociais, por irmãos da instituição e por utentes de várias valências, o Chefe de Estado assinou o Livro de Honra, usou da palavra e ainda teve tempo para visitar demoradamente o seu edifício-sede.
A deslocação de Marcelo Rebelo de Sousa à mais antiga e relevante instituição de solidariedade social do concelho de Lamego constitui um momento de elevado simbolismo e de importância ímpar na sua longa história, prometendo ainda "tentar voltar antes que acabem as comemorações". “Uma data histórica foi escrita nas páginas da História da Santa Casa da Misericórdia de Lamego por Sua Excelência o Senhor Presidente da República, sobretudo pela forma empática, carinhosa, emotiva, como a todos, sem exceção, cumprimentou, dispensou uma palavra, um gesto de interesse e de carinho, desde os mais pequeninos - as crianças da nossa creche e jardim infantil -, aos idosos do nosso Lar, passando por todos os funcionários, Irmãos e Irmãs da Santa Casa e pelas muitas pessoas presentes”, enaltece António Marques Luís.
Na intervenção que proferiu após ter procedido à assinatura do Livro de Honra, o Presidente da República sublinhou o extraordinário trabalho e obra desenvolvidos, ao longo de séculos, pelas misericórdias portuguesas, em prol das pessoas mais vulneráveis. "São essenciais no tecido social português”, principalmente quando o país atravessa crises económicas, como a que o país atravessou “há pouco tempo”. “O tecido social português pode sobreviver, apesar de tudo, como sobreviveu, porque havia instituições de solidariedade como as Misericórdias. Não eram as únicas, mas eram as mais antigas”, destacou, deixando ainda uma “palavra de esperança” para o futuro.

Visita tocou no "coração de todos"
A Santa Casa da Misericórdia de Lamego comemora este ano o seu quingentésimo aniversário, com a organização de um extenso e eclético programa de iniciativas de índole institucional, cultural e social, aberto a toda a comunidade e em estreita colaboração com outras instituições de referência locais e regionais. Neste âmbito, António Marques Luís salienta que a visita do mais alto Magistrado da Nação constitui um momento inolvidável: “Ela tocou, profundamente, no coração de todos, tal foi a intensidade humana e fraterna que nos deixou, demonstrando como é, efetivamente, o Presidente de todos os Portugueses”. 

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 50 - 56 de 454

Como Contactar-nos

Santa Casa da Misericórdia de Lamego
Largo Dr. João de Almeida
5100-095 Lamego
Telefone: (+351) 254 612 057
Fax: (+351) 254 614 538
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail