Entrada seta Notícias
Notícias / Actividades
Desfile de Carnaval dos meninos da Misericórdia apela à convivência entre povos Imprimir e-mail
23-Fev-2020


Sob o mote do multiculturalismo e da convivência pacífica entre povos de todo o mundo, a creche e o jardim de infância da Misericórdia de Lamego abriram este ano o Desfile de Carnaval Escolar que juntou várias centenas de crianças. Envergando vários trajes tradicionais de países tão diferentes como a China, o Egito e Portugal, os mais pequenos mostraram toda a sua alegria e boa disposição por integrarem este cortejo que coloriu as principais ruas da cidade.
A criatividade e imaginação dos disfarces exibidos por mais de 80 meninos da Misericórdia sobressaíram no meio de uma imensa moldura humana. Nos dias anteriores, pais e encarregados de educação, bem como as educadoras de infância e as auxiliares de ação educativa, trabalharam para produzir os trajes.
Mais uma vez, o Desfile de Carnaval Escolar constituiu um momento de encontro e partilha entre as diferentes escolas e instituições sociais. Familiares, amigos e muitos lamecenses envolveram o cortejo para aplaudirem os pequenos foliões e elogiarem a originalidade.
O Cracks Clube de Lamego apoiou a participação da Santa Casa, através da cedência do sistema de som.

 
Conferência recorda ligação dos bispos à provedoria da Misericórdia de Lamego Imprimir e-mail
18-Fev-2020


Nos séculos XVI e XVII, alguns dos bispos mais distintos da Diocese de Lamego, para além das funções eclesiásticas, também assumiram o mais alto cargo da provedoria da Misericórdia de Lamego. Foi o caso, por exemplo, de D. António Teles de Menezes, fundador em 1588 do Mosteiro das Chagas, que exerceu o cargo de provedor ao longo de três mandatos e de D. João Coutinho, primo do Marquês de Marialva e Reitor da Universidade de Coimbra, que seguindo na carreira eclesiástica, foi Bispo do Algarve e de Lamego, no período de 1626 a 1635.
A mais recente edição do ciclo de conferências que a Misericórdia de Lamego está a organizar para comemorar o seu 500º aniversário abordou a ligação dos prelados da Diocese de Lamego à provedoria desta Santa Casa, uma exposição feita pelo historiador Diogo Marques.
A primeira intervenção do encontro coube, no entanto, à investigadora Ana Isabel Ribeiro que apresentou uma caracterização da fidalguia na região de Coimbra na Época Moderna, através da reconstituição de 12 famílias, inserindo-as num contexto genealógico. A sua pesquisa concluiu que esta nobreza constituía um grupo relativamente coeso, cujos elementos uniram-se por laços resultantes de escolhas matrimoniais que, geração após geração, permitiram o estabelecimento de uma rede robusta e duradoura. Neste contexto, a “Casa” era o elemento definidor da família e dos destinos dos seus membros através, por exemplo, de um elevado número de filhos, de forma a garantir a sucessão, e de um grande cuidado no estabelecimento de alianças matrimoniais. Além disso, era caracterizada por uma forte disciplina familiar e pela utilização das redes de relações como forma de manutenção do poder.
O ciclo de conferências "Os 500 anos da Santa Casa da Misericórdia de Lamego: da modernidade à atualidade" terá novas edições até ao próximo mês de abril, no âmbito das celebrações de cinco séculos de História da mais antiga e importante instituição de solidariedade social do concelho.

 
Misericórdia de Lamego partilha afetos no “dia do amor” Imprimir e-mail
17-Fev-2020


As relações são mais fortes e saudáveis quando são marcadas pela demonstração de afetos. O Lar de Idosos da Misericórdia de Lamego gosta de incentivar a manifestação de carinho pelos seus utentes para mostrar que são estimados e amados.
Este ano, esta instituição dedicada à terceira idade também se juntou às celebrações do Dia dos Namorados, uma oportunidade para mimar aqueles que mais gosta. Para isso, promoveu a realização de um almoço muito especial servindo à mesa muita amizade e amor. Alguns idosos até contaram, nesta ocasião, com a visita surpresa dos cônjuges de uma vida inteira.
O “dia do amor” foi também assinalado com a colocação de uma decoração muito especial de modo a melhorar esta experiência, para além da oferta de deliciosos biscoitos em forma de coração, o símbolo maior dos afetos.
Com o objetivo de ter utentes felizes, a Santa Casa da Misericórdia de Lamego valoriza a ligação entre a instituição e a família, através da cooperação quotidiana e a dinamização de atividades que envolvem os familiares.

Galeria de imagens no facebook da Misericórdia de Lamego 

 
Conferência exalta relevância histórica das misericórdias portuguesas Imprimir e-mail
11-Fev-2020



A Misericórdia de Lamego promove no próximo sábado, dia 15, a quinta edição do ciclo de conferências que está a organizar com o objetivo de aprofundar o conhecimento sobre a herança histórica, a missão e os valores das misericórdias portuguesas.
“As Santas Casas têm uma história riquíssima que, na generalidade, as pessoas não conhecem”, afirma o Provedor António Marques Luís para anunciar que até abril serão organizadas novas palestras, que divulgarão, em particular, a importância da sua atividade assistencial. Serão oradores deste encontro dois especialistas na área da História que prometem partilhar com o público novas revelações sobre o trajeto destas instituições ao longo de séculos. Ana Isabel Ribeiro abordará o tema "A Fidalguia na Época Moderna. Família, Património e Poder", enquanto Diogo Marques fará uma exposição sobre "Os bispos na provedoria da Misericórdia de Lamego". 
Como habitualmente esta conferência decorre no Núcleo Arqueológico da Porta dos Figos, no Bairro do Castelo, a partir das 15 horas. O evento integra o programa comemorativo do 500º aniversário da Santa Casa da Misericórdia de Lamego que se estende até ao próximo mês de abril. A entrada é livre.
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 57 - 63 de 493

Como Contactar-nos

Santa Casa da Misericórdia de Lamego
Largo Dr. João de Almeida
5100-095 Lamego
Telefone: (+351) 254 612 057
Fax: (+351) 254 614 538
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail