Entrada seta Notícias
Notícias / Actividades
Tertúlia Artes e Letras festejou “a dignidade e os pergaminhos” da Misericórdia Imprimir e-mail
14-Mai-2019



A mais recente edição da "Tertúlia Artes e Letras” dedicada à celebração do 500º aniversário da Santa Casa da Misericórdia de Lamego constituiu um momento único de partilha de conhecimento e de cultura. Com a presença de cerca de 40 “tertulianos residentes” e de outros convidados, o encontro foi vivido com um misto de reflexão e alegria e feito de muitas “histórias, memórias e salutares orgulhos”, nas palavras da sua fundadora e dinamizadora Aurora Simões de Matos. 
O Provedor António Marques Luís foi um dos principais oradores da noite, tendo apresentado uma resenha biográfica sobre os cinco séculos de existência desta Santa Casa, vividos sempre em solidariedade com o próximo e pugnando por uma sociedade mais justa e igualitária. “Com toda a disponibilidade e apreço, o senhor Provedor abriu-nos as portas, as palavras, emoções e compromissos de quem pratica a "Humanização e Responsabilidade Social", como lema de um ideal que nos merece a maior atenção e o maior respeito”, exalta a fundadora da "Tertúlia Artes e Letras”. “Ao recordarmos um persistente trabalho de séculos em prol dos mais desfavorecidos, em intervenções de excelência por parte de vários oradores, festejámos a História e a Memória, a Solidariedade, a Dignidade e os Pergaminhos de uma cidade que honra os mais altos valores morais e éticos, como agentes fulcrais de Cidadania”, conclui.
O Salão Nobre da Santa Casa acolheu no sábado à noite esta sessão da "Tertúlia Artes e Letras”, durante a qual o público presente também teve a oportunidade de assistir às intervenções de José Pessoa e de Sidónio Silva. Como complemento, houve comentários de Paulo Barradas, Álvaro Pinto, Manuel Sengo e Fernando Cabral, e leituras por parte de Élia Morais e de Ana Borges que disse um texto poético-filosófico da autoria de Guilherme Ferreira.

 
Mais de 3000 “amigos” no facebook da Misericórdia Imprimir e-mail
09-Mai-2019



Superámos mais uma barreira! Neste momento, mais de 3000 “amigos” já aderiram à página no Facebook da Santa Casa da Misericórdia de Lamego, a maior rede social do mundo! 
Com esta presença, queremos interagir, informar, publicitar, encorajar, comunicar e... impressionar. No ano em que comemoramos o 500º aniversário, somos uma instituição cada vez mais aberta à comunidade.
Ajude-nos a chegar mais longe e sugira esta página !
 
“Tertúlia Artes e Letras” celebra cinco séculos de existência da Misericórdia Imprimir e-mail
06-Mai-2019


A próxima edição da "Tertúlia Artes e Letras", agendada para a noite de 11 de maio, sábado, vai ser dedicada à celebração do 500º aniversário da Santa Casa da Misericórdia de Lamego que está a ser comemorado este ano através de um extenso e eclético programa de iniciativas. A sessão decorre a partir das 21h30, no Salão Nobre do edifício-sede da instituição, situado no Largo Dr. João de Almeida. Como é hábito, a entrada é livre para o público em geral.
Fundada e dinamizada por Aurora Simões de Matos, a próxima "Tertúlia Artes e Letras" contará com as intervenções, já confirmadas, do Provedor António Marques Luís para falar sobre os “500 anos da Santa Casa”, bem como de José Pessoa que vai abordar uma “Introdução à História das Misericórdias” e de Sidónio Silva que fará uma viagem no tempo para conversar sobre “O Mosteiro das Chagas de Lamego: vivências, espaços e espólio litúrgico”. A juntar a estas intervenções, durante o serão está ainda prevista a realização de comentários de Paulo Barradas, Álvaro Pinto, Manuel Sengo e Fernando Cabral, e de leituras por parte de Ana Borges, Jacira Galhardo, Guilherme Ferreira e João Avelino.
Fundada em 1519, a Santa Casa da Misericórdia de Lamego celebra este ano cinco séculos de existência, com a dignidade que o simbolismo desta data suscita, promovendo nesta cidade um conjunto abrangente de realizações e iniciativas de diversa índole. A sua missão original é o apoio aos mais desfavorecidos, mas ao longo dos anos alargou a sua ação sendo pioneira na criação e consolidação de novas respostas sociais.
 
Misericórdia de Lamego ofereceu concerto arrebatador na Igreja das Chagas Imprimir e-mail
29-Abr-2019



A mais antiga instituição de solidariedade social do concelho de Lamego voltou a oferecer este sábado à noite um grande espetáculo cultural à comunidade, no âmbito do programa de eventos de excelência e diferenciador com o qual pretende celebrar este ano o 500º aniversário da sua fundação. Pela segunda vez, a Misericórdia de Lamego convidou o grupo vocal gregoriano “Ançãble”, dedicado sobretudo à música sacra portuguesa, a atuar na Igreja das Chagas, palco recente de importantes eventos de música erudita.
O resultado final foi a realização de um concerto verdadeiramente encantador e arrebatador, muito aplaudido de pé no final pelo público.
Com a participação especial do Coro desta Santa Casa, o grupo “Ançãble”, constituído por uma família de Ança, concelho de Cantanhede, apresentou, entre outro reportório do ancestral canto gregoriano e de polifonia portuguesa, dois “TE DEUM”, o primeiro datado de há cinco séculos - “Te Deum Laudamos”, do compositor Estevão Lopes Morago -, e outro contemporâneo: “Nós vos louvamos ó Deus”, da autoria de Manuel Faria. Para a execução de alguns temas, a atuação foi acompanhada por um quarteto de cordas e órgão.
O programa de comemorações do 500º aniversário da Misericórdia de Lamego ficou ainda completo com a celebração neste dia de uma Missa Solene, presidida por D. António Couto, Bispo da Diocese de Lamego.

Galeria de Imagens no Facebook da Santa Casa da Misericórdia de Lamego

 
<< Início < Anterior | 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 | Seguinte > Final >>

Resultados 71 - 77 de 444

Como contactar-nos?

Santa Casa da Misericórdia de Lamego
Largo Dr. João de Almeida
5100-095 Lamego
Telefone: (+351) 254 612 057
Fax: (+351) 254 614 538
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail