Tertúlia mostrou inovação no serviço social
31-Jan-2020



Mais de 50 pessoas marcaram presença esta quarta-feira na tertúlia "Serviço Social Presente - Práticas Inovadoras", um encontro que apresentou na cidade de Lamego várias práticas inovadoras desenvolvidas nesta área com vista à criação de uma sociedade mais justa, em particular nos setores da saúde, da deficiência e da intervenção social.
Organizada pela Santa Casa da Misericórdia de Lamego, a tertúlia também serviu para aprofundar o conhecimento sobre a nova Ordem dos Assistentes Sociais que regula, desde o ano passado, as condições de acesso ao exercício profissional e o próprio exercício profissional. Os seus estatutos acautelam a defesa dos interesses dos cidadãos e obrigam os assistentes sociais ao cumprimento dos princípios e valores do serviço social, matéria que integra a sua formação e que os orienta ao longo da vida.
A primeira intervenção da tertúlia esteve a cargo de Armanda Magalhães, assistente Social do IPO Coimbra, que abordou o papel do serviço social no contexto hospitalar, sublinhando que esta intervenção é constituída por três momentos fundamentais: o acolhimento, o plano individual de cuidados e o acompanhamento social.
A oradora seguinte, Cláudia Dinis, assistente social da “Associação Social de Apoio à Deficiência”, em Mondim de Basto, ilustrou como é que o serviço social é um elemento chave na conquista da cidadania e na inclusão social de pessoas com deficiência, cabendo ao assistente a tarefa de encaminhar, orientar e capacitar os utentes. Um trabalho que exige uma intervenção contínua, desde a infância à velhice, de modo a contribuir decisivamente para a melhoria da sua qualidade de vida.
A finalizar, a intervenção de encerramento coube a Sandra Mendes, técnica que integra um dos mais emblemáticos projetos de raiz social do Serviço Educativo da Casa da Música: o “Som da Rua”. Com um forte apoio de músicos profissionais e educadores sociais, os elementos deste grupo amador, maioritariamente pessoas sem-abrigo e idosos que vivem isolados, ensaiam todas as semanas e realizam concertos, numa lógica de intervenção social por via da cultura e da arte.
Realizada no Salão Nobre da Misericórdia de Lamego, a tertúlia "Serviço Social Presente” integrou as comemorações do 500º aniversário desta Santa Casa, cujo programa se estenderá ainda durante os próximos meses.