Reportagem parte à descoberta da história da Igreja das Chagas
19-Abr-2021



No Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, a Misericórdia de Lamego convida-o a embarcar numa viagem pela história da Igreja das Chagas, na voz do Provedor António Carreira.
Fundada no século XVI, por D. António Teles de Menezes, Bispo da Diocese de Lamego, a Igreja das Chagas, de feição maneirista, é a única construção que perdura ainda hoje do antigo Convento das Chagas, destinado a freiras clarissas. O seu espólio é valioso e as características arquitetónicas originais destacam-se do conjunto dos monumentos erguidos na cidade.
Propriedade desta Santa Casa, depois de em 1911 um incêndio ter destruído o antigo templo desta Irmandade, situado na Rua de Almacave, a Igreja das Chagas é uma das mais belas joias do património arquitetónico existente na região do Douro.
Classificada como Monumento de Interesse Público pelo Estado português, a Misericórdia de Lamego quer promover uma maior abertura desta Igreja à comunidade, um espaço até ao momento de acesso quase exclusivo à realização de cerimónias religiosas pelos “Irmãos” da instituição. Pretende-se com esta decisão incentivar o culto religioso e potenciar a fruição pública deste património de inegável valor cultural e arquitetónico.
Assista à reportagem do Jornal do Centro TV AQUI